Porto Alegre, 9 de Dezembro de 2018   








Acessos em 2018
51825





Em defesa de uma tradição

EM DEFESA DE UMA TRADIÇÃO AFIRMATIVA DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO RIO GRANDE

As atividades culturais promovidas pela Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul há mais de trinta anos são um canal de relação direta entre o Parlamento gaúcho e a sociedade. No período do Regime Militar, a então Divisão de Cultura da Assembléia Legislativa fez do Auditório Dante Barone um espaço democrático de manifestações do teatro, da música, das artes visuais e do cinema. Constituiu uma tradição do Legislativo Rio-grandense promover a cultura, divulgar a produção local e garantir o acesso a grandes nomes nacionais e, até mesmo, às produções internacionais. Essa tradição do Poder Legislativo adquiriu um novo impulso no começo dos anos 80, com o início das providências para a restauração do Solar dos Câmara, ocorridas em 1981, na gestão do então deputado Aldo Pinto, para a transformação do prédio histórico, adequando-o para receber uma das mais completas bibliotecas do país, cujo acervo contém mais de 15.000 obras jurídicas, administrativas, políticas e outras, e também num espaço de cultura, sede destas atividades na Assembléia Legislativa.


Em quase duas décadas de atuação institucionalizada pelo Departamento de Relações Institucionais, a política cultural do Legislativo tornou-se referência na Capital e no Estado. Diga-se, com a devida ênfase, uma referência afirmativa do Parlamento gaúcho na apresentação e divulgação da produção cultural do Estado. Em 2007, por exemplo, com 14 anos ininterruptos, com um público de mais de 60 mil espectadores em 500 apresentações, o Sarau no Solar foi destacado com o Prêmio Açorianos de Música, concedido pela Prefeitura de Porto Alegre. O Sarau no Solar, realizado todas as quartas-feiras, é uma das atividades que colocam semanalmente o nome da Assembléia Legislativa nos meios de comunicação de forma positiva.


Além da repercussão constante na mídia, essa natureza de atividade estabeleceu uma relação cotidiana direta entre a Casa Legislativa e a sociedade gaúcha. São dezenas de artistas e milhares de espectadores que, durante a programação anual do Solar dos Câmara, do Espaço Novos Talentos, do programa O Livro Sobe ao Palco, das exposições na Sala JB Scalco, da Mostra de Cinema Assembléia, travam contato direto com os Deputados e com os servidores do Legislativo, numa forma de relação que aproxima e demonstra a presteza da Assembléia Legislativa também no incentivo à produção e fruição da cultura.


As ações do Departamento de Relações Institucionais da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, a um só tempo, assegura a inserção da Assembléia Legislativa na vida da cidadania e a realização de parcerias com os diversos segmentos sociais, como ocorre na promoção dos prêmios responsabilidade Social, Líderes e Vencedores, Lilá Ripoll de Poesia. São ações segmentadas e de larga abrangência e que garantem um retorno institucional considerável porque se processam de forma concreta.


Manter a estrutura administrativa e funcional, absolutamente enxuta e eficiente, que garante a realização deste conjunto de ações exitosas e benéficas à imagem do Parlamento gaúcho, é indispensável para qualquer gestão e fundamental para uma relação perene entre o Parlamento gaúcho e a sociedade.


Porto Alegre, 30 de janeiro de 2008.



DIRETORIA EXECUTIVA DO SINDICATO DOS FUNCIONÁRIOS EFETIVOS E ESTÁVEIS DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL – SINFEEAL



Flávio Dall’Agnol,

Presidente.